patrocinado por

SOBRE AS CHUVAS NO ATACAMA

Postado em: 26/3/2015 | Categoria: Dicas de Viagem
Diário de Motocicleta

Diante das fortes chuvas e nevascas que acontecem fora de época no norte do Chile neste finalzinho de Verão, muitos motociclistas com viagens marcadas para San Pedro do Atacama estão assustados pelas notícias que a Região de Atacama está sobre alerta de calamidade pública, mas este medo se dá por falta de informação, principalmente geográfica.

Então senta que lá vem história!

O Chile é dividido em 15 regiões, equivalentes as que temos no Brasil, porém em muito mais números e com uma divisão com nomenclaturas diferentes.

Enquanto temos três Estados na Região Sul do Brasil (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) e cada um deles possui inúmeras cidades e uma capital, no Chile cada Região é dividida em Províncias (comparado ao Estado) e cada uma delas com várias Comunas (equivalente a cidades).

Compreendido isso, a Região afetada pelas fortes chuvas fora de época e muito acima do volume costumeiro é a Região de Atacama (Região 3) que fica ao sul da Comuna de San Pedro do Atacama.
Na verdade, San Pedro fica na Região de Antofagasta (Região 2) e é dividido em três Províncias, sendo Antofagasta, Tocopilla e El Loa onde fica San Pedro de Atacama.

O curioso é que a maior parte do Deserto do Atacama fica nas Regiões I, II e XV – veja a imagem ilustrativa.

Pois bem, as fortes chuvas caíram recentemente na Comuna de Copiapó, cerca de 800 km ao sul de San Pedro, e deve ser tão preocupante para os planos de viagem, como se chuvas fortes caíssem em Belo Horizonte/MG enquanto você seguisse de férias para Salvador/BA.

Esclarecido as posições geográficas, uma coisa é certa, os tempos são outros e devemos ficar sempre alertas, monitorando o clima antes de pegar estrada, e principalmente durante a viagem.

No Deserto do Atacama há lugares que não chove há 900 anos, sendo que a média de chuvas anuais em San Pedro é de 50mm ao ano, e isso geralmente entre Dezembro e começo de Março. Registros de chuvas e nevascas em meados de Abril faz levar mais a sério a recomendação que toda mãe faz... leve guarda-chuva, vá agasalhado e #BoraMotocar (ops... quem diz isso é a minha mãe).


Oferecimento
GIVI do BRASIL

Publicidade
Viagem na Foto

Motoque-se
Descubra Machu Picchu em 2018

Baixe Grátis
Taqueopariu - O outro lado das viagens de moto