Entenda o Proj. Multi Aventura rumo ao WDW14



Diário de Motocicleta

Depois de um Test Rider com uma DUCATI Multistrada 1200, guiando um grupo de motociclistas até a Serra do Rio do Rastro (SC), o material gerado (artigo, fotos e filme e uma matéria na Revista Moto Adventure), possibilitou a oportunidade de apresentar algumas ideias para a DUCATI do Brasil.

Satisfeitos com as propostas, levaram o meu material para Itália, de onde o feedback veio em forma de convite ao World DUCATI Week 2014 - o maior evento da marca no mundo, só que eu deveria ir de moto.

Mesclamos alguns roteiros que me levasse até a Itália, e para pegar impulso, desci rumo a Buenos Aires/ARG.
Na volta passei por Montevidéu e Punta del este no Uruguai, e de volta ao Brasil, subi a costa até Recife, apresentando nas Concessionárias DUCATI a palestra Elaboração de Viagens de Longa Distância, e convidando os amigos a me acompanharem nesta trip pela Europa.

A moto ficou em Recife, e desembarcando em Lisboa/POR, peguei outra Multistrada 1200, acoplei meus baús GIVI e cruzei Portugal, Espanha e França até chegar em Misano na Itália, a tempo de participar do World DUCATI Week 2014, do qual sou detentor do record por ter rodado 14.500 km para estar ali.

Está aventura fui sem a Elda, então já tenho data para voltar.

DEPOIS DE DIAS SEM CONEXÃO WEB, VOLTAMOS

16º dia de viagem
Cidade: Ribeirão Preto/SP | Categoria: Diário do Piloto
Postado em: 29/6/2014
Diário de Motocicleta

Após o sucesso e casa cheia na Ducati Campinas, a próxima palestra seria na Ducati Ribeirão Preto, cerca de 210 km através da boa e velha Via Anhanguera que por diversas vezes percorri, sendo a última vez em AGO/13 quando eu e a Elda iniciávamos a volta ao redor do Brasil.

Cheguei em Ribeirão no meio da tarde e fui logo para o hotel concluir umas publicações e me preparar para palestra naquela mesma noite.

Confesso que pensei em dar uma pausa e curtir a piscina do hotel, mas ao contrário que muitos amigos pensam, os compromissos são muitos e os horários apertados... e creio que este caso seja o único que fuja à regra que diz que “na prática a teoria é outra”... e se for, é para aumentar ainda mais a correria.

Mas não tenho do que reclamar.

Deixei a piscina de lado tomando uma cervejinha gelada do frigobar, me arrumei e parti para DUCATI Ribeirão que mantém a Equipe Squadra DUCATI Ribeirão que corre o Super Bike com o piloto italiano Sebastiano Zerbo... o cara, para vocês terem idéia, chegou em 4º lugar correndo Interlagos com uma Multistrada 1200 S sem qualquer modificação, exceto pela bolha que foi cortada no meio... de resto, a mesma moto que estou pilotando, o que endossa ainda mais o termo Multistrada.

Conversando com ele mais tarde, se não fosse por um cálculo errado de abastecimento, ele teria subido no podium em segundo lugar.

É sangue nos olhos! (rs)



A loja estava pronta para palestra e deu tempo até para sair e almoçar/jantar antes que os convidados começassem a chegar... e eles vieram... aos poucos mais e mais apaixonados por moto turismo e viagens de moto foram chegando, e muitos já começaram a matar algumas dúvidas, principalmente em viagens ao Atacama e Patagônia. 



Quando dei por mim, a loja estava cheia e começamos nosso bate papo sobre planejamento, viagens, equipamentos e detalhes sobre a Multistrada 1200 S e alguns causos pelos quais já passei nesta viagem rumo ao World DUCATI Week. 



Já está quase certa minha volta à DUCATI Ribeirão para apresentar imagens inéditas desta viagem, ocasião que espero ter um pouquinho mais de tempo para curtir aquela piscina do hotel e matar saudades do Chopp do Pinguim. 


Parceiros neste projeto