COMO PLANEJAR SUA VIAGEM - PARTE 1

Postado em: 17/2/2010 | Categoria: Fica a Dica
Diário de Motocicleta

Um amigo me questionou por e-mail por onde começar o planejamento de uma viagem de longa distância no Brasil e me pediu que eu publicasse um texto aqui no blog.
Hesitei um pouco pois esta é minha primeira viagem acima de 2.000 km e não quero parecer um tolo, muito menos na frente de tantos amigos que nos seguem e que já me escreveram suas andanças e fantásticas viagens.
 
Passado um tempo, uma amiga de Divinópolis/MG confiou a mim o planejamento de sua viagem até o evento de Prado/BA onde uma Twister, uma Viraguinho e uma Shadow farão parte do bonde.
Esse pedido me deu mais confiança para escrever esse mini manual pessoal (rs), sempre em atualização (rs)!


Então vamos por partes – vou usar por base uma moto de 600cc ok?!

Pense primeiro em quantos dias você terá livre para viajar, e se irá sozinho ou com garupa. Essa equação básica é fundamental para saber até onde você poderá ir.
Sozinho é fácil rodar 600 kms por dia, com garupa, aconselho no máximo 450 km/dia – mais que isso, numa seqüência de dias, acabará com a sua garupa e de quebra com você, pois uma moto carregada exige mais esforço na pilotagem, sem contar o consumo e o desgaste de peças.

Exemplo: digamos que você viaje com garupa e tenha 20 dias livres – levando em consideração que você leve 10 dias para ir e 10 dias para voltar, é possível traçar uma rota de até 4.500 km.
Envolva a garupa no planejamento para que ela saiba até onde está indo, as previsões de paradas a cada 100 – 150 km para abastecimento e tudo mais.

Muitos amigos usam o Google Maps para traçar rotas, eu também usava, até adquirir o CD-ROM Rodoviário do Guia Quatro Rodas – é fácil e gera rotas com precisão, sem contar as indicações de postos de combustível e muitos outros.

Escolha um destino que lhe ofereça não apenas boa estadia e comida, mas atividades a serem feitas, lugares a serem visitados, particularmente eu não acho nada animador rodar km de estrada para sentar num bar e beber o dia todo, a não ser que o objetivo seja este, então um bate e volta com os amigos mais que resolve a questão, mas nem preciso dizer que álcool e pilotagem não combinam não é? Então não faça besteira!

Continua no próximo artigo...

veja também

Oferecimento
GIVI do BRASIL

Motoque-se
Descubra Machu Picchu em 2019

Baixe Grátis
Taqueopariu - O outro lado das viagens de moto