SAIBA COMO SE PREVENIR DE ACIDENTES DE MOTO

Postado em: 27/9/2012 | Categoria: Fica a Dica
Diário de Motocicleta

Enviado por Otávio Gugu

Motociclista há mais de 15 anos e proprietária da Revista SobreMotos, Gisele Flores Nazário conta que os três fatores que mais preponderam nos acidentes envolvendo motociclistas são imprudência, excesso de velocidade e embriaguez.

"A agilidade de deslocamento e o pequeno espaço ocupado por uma moto podem transmitir uma falsa impressão de maior possibilidade no trânsito. Totalmente dependente do equilíbrio do condutor, a moto pode sofrer desvios em sua trajetória, contrários à vontade de quem pilota" comenta.


Em dias de chuva, reduza a velocidade - Especialmente em dias de chuva, a velocidade deve ser reduzida, ainda mais quando se transporta um passageiro.

O embaçamento na viseira do capacete pode atrapalhar muito a visão, bem como o "spray" originado do deslocamento dos veículos à frente. Rajadas laterais de vento e fortes deslocamentos de ar causados por grandes caminhões em sentido contrário também podem desequilibrar.

"Os pneus de moto, se não forem bem observados, enganam, pois podem estar comprometidos em sua área central, a mais importante em retas, e estar em boas condições nas laterais, mais usadas em curvas inclinadas. Isto é comum em motos que circulam predominantemente em áreas urbanas, na maior parte das vezes em retas" explica Gisele Nazário.


Dicas para evitar acidentes - Pilotagem segura


• Cautela e concentração redobradas para evitar imprevistos durante a viagem.

• Atenção ao pilotar e evitar os chamados pontos cegos (ou ângulo morto), locais onde o motorista não enxerga a moto, mesmo com retrovisor.

• Sinalizar a manobra que será realizada permite aos motoristas e outros motociclistas anteciparem uma reação para evitar acidentes.

• Decisão é fundamental. Ao decidir fazer uma manobra, ela deve ser feita com firmeza, rapidez e dentro dos limites de velocidade.

• Em cruzamentos, a velocidade deve ser reduzida e a atenção redobrada.

• Nunca exceder as habilidades, o que aumenta as chances nos imprevistos.

• Manter uma velocidade condizente com o percurso e o pavimento.

• Parada a cada 90 minutos para movimentar os músculos, o que evita a fadiga.


Acessórios indispensáveis


• Verificar o prazo de validade do capacete, que deve ser ajustado sem ficar apertado nem folgado. A viseira precisa estar sempre limpa e sem riscos.

• Roupas claras facilitam a visualização de outros motociclistas e motoristas.

• Calças e jaquetas de tecido resistente ou couro, botas ou sapatos que protejam os pés, luvas e capas de chuva.


Dicas sobre circular em dias de chuva


• Velocidade reduzida e prudente.

• Ter certeza de que pneus, freios, faróis, suspensão e piscas estão em perfeito estado.

• Respeitar a sinalização.

• Manter distância segura do veículo à frente.

• Ocupar o espaço da via como um carro, andando próximo ao centro, nem tanto à direita, evitando que um veículo fique trafegando de forma paralela, nem tanto à esquerda, onde fortes ventos podem desequilibrar.

• Deixar a viseira do capacete aproximadamente uns 2cm entreaberta, para aumentar a aeração e evitar embaçamentos.

• Evitar passar por sobre sinalizações pintadas sobre o pavimento, pois elas são menos aderentes e podem causar derrapagens.

• Evitar poças d'água.

• Evitar manobras bruscas.

• Não rodar com marcha nem muito reduzida nem muito alta, para que a moto tenha boa tração.

• Usar a buzina para chamar a atenção do condutor que vai à frente, de tal forma que ele consiga perceber claramente a posição e a intenção de ultrapassagem, se for o caso.

• Para saber se o motorista que vai à frente está conseguindo visualizar a moto, você deve conseguir trocar olhares pelo retrovisor dele.

• O passageiro deve andar abraçado à cintura do piloto e não deve se movimentar.

• Lembrar que a moto é sempre o veículo mais frágil da via, então, mesmo quando se tem preferência, ainda assim é bom prestar atenção aos demais veículos e deixá-los passar ou cruzar antes para evitar acidentes.

• Nunca ficar no vácuo de caminhões ou veículos da frentes, pois eles podem parar.


Fonte: Centro Educacional de Trânsito Honda.

veja também

Oferecimento
GIVI do BRASIL

Motoque-se
Deserto do Atacama com o Diário de Motocicleta

Baixe Grátis
Taqueopariu - O outro lado das viagens de moto