FAIXA EXCLUSIVA PARA MOTOS

Postado em: 8/7/2012 | Categoria: Mundo 2 Rodas
Diário de Motocicleta

Há algum tempo vem se espalhando principalmente no Facebook a campanha “Linha de Moto” que prevê a instalação de uma faixa preferencial para motocicletas na intenção de se evitar acidentes nas vias públicas das grandes cidades.

A idéia não é inovadora!
Na cidade de São Paulo, por exemplo, avenidas importantes como a Sumaré já possuem há bastante tempo uma faixa exclusiva para motos, só que diferentemente da proposta na “Linha de Moto”, esta fica completamente à esquerda, próxima a calçada, e não entre os carros, no chamado “corredor”, que inclusive, é passível de multa nas estradas paulistas.

No meu ponto de vista, a “Linha de Moto” entre as faixas causaria tantos acidentes quanto os já registrados hoje em dia, uma vez que os carros são obrigados a mudar de faixas e uma linha pintada na pista, não salvaria nenhum motociclista transitando entre os veículos... principalmente estando no ponto cego dos retrovisores que em muito colaboram com as colisões laterais.



Se a “Linha da Moto” muda-se de lado, esta seria uma excelente campanha no sentido de se tornar lei e então poderíamos ter a implementação desta de forma obrigatória nas principais e mais movimentadas vias urbanas.


Na cidade em que resido – São Vicente/SP – Baixada Santista – além da faixa exclusiva para motos (à esquerda) implementada nas vias de maior fluxo de veículos, ainda contamos já há alguns anos, com uma área de parada nos semáforos, reservadas às motos.
Imaginem antes da faixa de pedestre uma área onde somente as motos podem parar e após ela, uma faixa delimitando até onde os carros podem avançar.
Com essa medida, forma-se um batalhão de motos a frente dos carros, que ao abrir o sinal, saem antes dos veículos de quatro rodas.



Esta ação faz com que as motos não fiquem no meio dos carros, e por serem veículos mais ágeis, podem sair na frente descomplicando o trânsito.

Esta idéia foi apresentada e até onde sei, iniciou-se uma discussão nos órgão responsáveis da Capital Paulista, mas até o momento nada foi feito.

Em ruas cada vez mais esburacadas e disputadas por carros, ônibus, caminhões, motocicletas, ciclistas e pedestres, ações de segurança demandam boa vontade política e necessitam de bom senso e educação, não apenas nas Auto Moto Escolas, e sim de berço.

Uma das máximas do Movimento Anarquista prega que um homem civilizado não necessitaria de governo e leis impostas, uma vez que o respeito mútuo lhe bastaria para viver em sociedade harmoniosamente... mas a isto damos o nome de utopia.

Que as idéias para minimizar as mortes no trânsito não se tornem utópicas.

veja também

Oferecimento
GIVI do BRASIL

Publicidade
Viagem na Foto

Motoque-se
Rota das Cervejas MG

Baixe Grátis
Taqueopariu - O outro lado das viagens de moto