patrocinado por

COISAS QUE SE SOLTAM, TAMBÉM VOAM!

4º dia de viagem
Cidade: Gov. Valadares/MG | Categoria: Diário do Piloto
Postado em: 30/6/2010
Diário de Motocicleta

Esse trecho de pouco mais de 300km de Ouro Preto até Gov. Valadares foi tumultuado e cheio de imprevistos.

Primeiro foi com o comando avançado instalado na moto.
Em uma ladeira, rodando a uns 100 km/h e curtindo as curvas da MG-329, senti que a marcha não reduzia e entendi quando vi extensão da vareta do câmbio pendurada... recorrente a danada... já havia aprontado dessas outras vezes e por isso mereceu o castigo de viajar um pouco assim... porém, passado um tempo, cadê a vareta?

Parei a moto e sai correndo pela pista!
No pior cenário, eu desmontaria o comando avançado e teria mais peso na bagagem.
Mas fazendo uma varredura em busca de algo cromado que brilhasse ao Sol,  encontrei a filha da mãe a uns 200mts para trás.

Faz tempo que preciso colocar uma contra porca nessa vareta, mas sempre lembro quando ela solta... na verdade a rosca está gasta e o melhor a se fazer é substituir... mas... como não exisitia nenhuma oficina num raio de alguns KMs... improvisei!

Sem ter idéia para que me serviria, levei com as ferramentas um veda rosca que caiu do céu... passei e fita e até agora não tive mais problemas... e nem coloquei a contra rosca.

Show!

O detalhe entre achar a vareta e prender novamente na moto foi a busca do veda rosca numa ferramenteira completamente melecada pelo shampoo que abriu.

Nunca senti uma estrada tão perfumada quanto esta.
A Elda penou para limpar tudo com nossas bandanas que depois foram amarradas no alforge.

Seguindo essa mesma idéia, coloquei o resto de shampoo e o condicionador cheinho junto com um par de tênis meu, que viajava preso ao alforge traseiro por uma aranha... feito isso, voltamos para estrada.

Saimos da 329 e entramos na BR116 – nela seguimos mais 105kms até Gov. Valadares e chegamos por volta das 17h45 depois de rodar algo como 343 kms.

Quando fui retirar o alforge traseiro, cadê o tênis e o shampoo?
Boa pergunta!

 

Parceiros neste projeto