patrocinado por

18° DIA - DE VILA VELHA/ES A CABO FRIO/RJ

18º dia de viagem
Cidade: Cabo Frio/RJ | Categoria: Diário do Piloto
Postado em: 2/6/2010
Diário de Motocicleta

Mais uma vez não conseguimos sair no horário previsto. 

Após montar a moto e pagar a estadia, a moto não quis pegar... levemente afogada. 

Desde que sai de São Vicente, um cheiro de gasolina era sentida vez ou outra, isso pode se dar por conta da bóia e agulha do carburador... troquei essas danadas (são duas) a um ano e meio atrás, e pelo visto ela já venceu. 

Agora vou deixar a torneira da gasolina fechada para evitar esse afogamento durante o sono (rs)... vamos ver amanhã se resolve. 

Enfim... depois de algumas tentativas o motor explodiu, abastecemos e saímos por volta das 10h40. 

O plano inicial era seguir pela Rodovia do Sol, passando por Guarapari até Marataízes... mas com a frente fria subindo para Bahia, a chuva e o vento chegaram em Vila Velha.
Seguir a orla nesse clima não virava... então decidimos voltar para Vitória, subir até Serra e pegar a BR-101... mas assim que colocamos a roda na pista o tempo secou. 

Como a nossa pousada ficava na Rodovia do Sol (ES-060), seguimos ela em direção a Guarapari para ver no que dava. 

O trecho rodado foi meio chato... a pista é muito boa, mas não se vê o mar por conta da vegetação... além disso, é qualhada de radares e semáforos que atrasa a viagem e para dar o toque especial... pedágio de R$ 3,15 para motos.
Chegando em Guarapari vimos uma placa indicando a BR101... depois de pouco mais de 500mts estávamos na pista seguindo para o Rio de Janeiro.
A parte capixaba da pista é muito boa... asfalto legal, boa sinalização e curvas bem gostosas. 

Chegando no Rio, logo na divisa se nota a mudança... primeiro não se vê placas informando a fronteira e a pista começa co remendos e asfalto visivelmente velho. 

Neste trecho existem dois pedágios de R$ 1,30 e as partes de serra dificultam as ultrapassagens de caminhões que costumam aparecer... poucos, mas aparecem.. principalmente na região de Campos, alias, complicado passar por Campos... não bastasse ter que passar por dentro da cidade, esse pedaço de pouco mais de 20km é de difícil ultrapassagem e cheia de lombadas... perdemos um bom tempo de viagem. 

O bom é que quanto mais avançávamos, o tempo ia se abrindo e na altura de Bela Vista o Sol apareceu entre as nuvens... aliviou um pouco o frio, mas longe de fazer suar.

Seguindo pela BR-101... agora com nova marcação de quilometragem desde a divisa, na altura do 160km, saímos da BR e pegamos a RJ-106 que leva até Macaé.
Aqui a nossa viagem colocou o pé no breque. 

Passamos por Macaé, Rio das Ostras, Tamoios... até São Pedro da Aldeia, num total aproximado de 46km com muitos semáforos, lombadas eletrônicas de 50km/h e muito trânsito. 

Perdemos um tempo danado nesse trecho. 

Chegando em São Pedro da Aldeia, pegamos a RJ-140 por mais uns 15 KM até chegar em Cabo Frio. 

Seguimos para o Centro onde ficava o nosso Hotel e aportamos na recepção as 18h (3h além do previsto) depois de ter rodado 476km.

fotos relacionadas
Parceiros neste projeto