patrocinado por

CUSTOS E DICAS RÁPIDAS - CORRIENTES/AR

Dia: 2/10/2012 | Cidade: Corrientes/AR | Categoria: Infos Úteis
Diário de Motocicleta

Custos em Corrientes/AR

• Chegada dia 14/09/2011 - 23h00
• Partida dia 16/09/2011 - 10h00

02 Diárias – R$ 211,71 – US$ 128,30 (cotação R$1,65)
02 Refeições– R$ 53,93
61,45 Lt Gasolina – R$ 153,19
Extras – R$ 26,41

TOTAL = R$ 445,24 – US$ 270,00 (cotação R$1,65)

Dicas Rápidas

• Chegar a Corrientes vindo de Salta foi uma aventura em tanto. São mais de 850 km em uma estrada tediosa e reta, onde a falta de combustível é grande, uma vez que os postos da região são abastecidos aos sábados e rapidamente secam. Para ajudar, não aceitam Cartão de Crédito e se o seu dinheiro acabar como o nosso, você terá mais emoção ao atravessar o chaco Argentino. A qualidade da pista vai de ótima a péssima!

• Corrientes é uma cidade com muitos atrativos turísticos, entre monumentos, igrejas e museus. Vale á pena passar ao menos um dia fazendo passeios, e o melhor meio é a pé. As quadras de Corrientes são quadradas e do mesmo tamanho... como se fosse uma cidade planejada, mas isso faz do Centro um pequeno labirinto que pode te fazer andar em “círculos”.

• Existem vários hotéis, pousadas e hostels e por conta da planta da cidade, demoramos bastante para encontrar o Hotel Corrientes Plaza que aparenta ser um Hotel antigo que foi reformado.
O atendimento é muito bom e os quartos confortáveis com uma boa ducha, cama bem macia, TV, wi-fi, garagem coberta e fechada e um café da manhã que a muito não víamos nesta viagem. O Hotel Corrientes Plaza fica bem no Centro de Corrientes na Junin, 1549 – tel.: (03783) 466500 – Corrientes – Argentina – e-mail: hotelcorrientes@arnet.com.ar. Nos foi cobrado $565,00 Pesos de estadia mais consumo no frigobar – cerca de US$128,00 (cotação do US$ - R$1,65).

• Na própria Calle Junin, há um calçadão a meia quadra do Hotel onde existem vários restaurantes e lanchonetes. No primeiro dia fomos jantar por volta da 1h da manhã e muitos estabelecimentos já estavam fechados. Encontramos a Pizzaria e Lanchonete Don Pedro - Calle Junin, 1.410 – que tem um atendimento muito simpático. Pelo avançado da hora, o pizzaiolo já tinha ido embora então pedimos lanche e esfirras. Incluindo duas deliciosas Quilmes Bock e refrigerantes, pagamos não mais que R$ 30,00.
No dia seguinte acabamos não almoçando por conta dos passeios que consumiram nosso dia, e como reforçamos o café da manhã, a noite fomos até as margens do Rio Paraná onde existem vários trailers de lanches... mais uma vez nossa janta foi sanduíches, mas pra lá de caprichados que nos custou cerca de R$23,00.

• Se você ficar hospedado no Hotel Corrientes Plaza, poderá atravessar a praça e visitar a Catedral de Corrientes construída entre 1853 e 1873 e que abriga a Cruz de los Milagros, uma cruz de madeira que data de 1588 e sobreviveu ao ataque dos índios que atearam fogo na aldeia dos espanhóis que plantaram essa cruz como marco católico. O fato da cruz sobreviver ao fogo a tornou muito especial e é realmente incrível ver uma cruz de madeira tão antiga que vem dos primórdios da colonização espanhola.

• Demos sorte ao visitar o Palácio do Governo na Praça 25 de Maio. Como a porta estava aberta entramos e pedimos para fotografar o interior que possui um belo pátio. Só não nos deixaram entrar como ligaram a fonte central e ainda por cima abriram a Sala onde o Governador realiza reuniões com seus Secretários e chefes de outros estados e demais autoridades.

• Na mesma praça fica a Igreja de La Merced que é linda por fora e estranha por dentro, já que possui duas pequenas naves na lateral que são fechadas... é estranha e vale a pena conferir.

• O Museu de Ciências Amado Bomplan (uma museu de história natural) no começo é bem desanimador, mas abriga vários exemplares de animais, fósseis de dinossauros e uma coleção de invertebrados muito interessante.