patrocinado por

ORQUIDÁRIO MUNICIPAL DE SANTOS

Dia: 9/9/2012 | Cidade: Santos/SP | Categoria: Passeios
Diário de Motocicleta

Inaugurado em 1945 com 22.240m², o Orquidário de Santos mistura características de belos jardins e aspectos de matas naturais e dispõe de uma floresta urbana exuberante, cuidadosamente plantada e cultivada, em particular com espécies da Mata Atlântica, além de estufa com uma coleção de dezenas de espécies de orquídeas.
Toda essa vegetação atrai inúmeros pássaros que vivem em liberdade em meio às aves ali existentes como tucanos, gaviões, araras e pavões.

Na área central há um lago de 1.180m² que recebe aves aquáticas e migratórias.

O Orquidário também possui animais silvestres, grande parte dos quais vive solta pelo parque. Entre as espécies da fauna, há algumas raras e ameaçadas de extinção, como macacos-aranha, macucos, guarás, jacuguaçus e sauins.


Depois de três anos de reforma, o Orquidário foi reaberto no dia 05 de junho de 2012, revitalizado e ampliado, ganhando 10 novas instalações e novos espécies que nasceram durante a reforma, entre eles cotias, veados catingueiros, pavões e uma arara.

O espaço das orquídeas recebeu o nome de Jonas Miranda, um ex-funcionário do Orquidário, que morreu em 2009, mas que foi responsável por inserir o Parque na Rede Brasileira de Jardins Botânicos e por criar o Edifício de Botânica e o Laboratório de Mudas e Cultivo de Orquídeas no local.

Hoje, o Parque está de acordo com o que a legislação brasileira exige para a configuração de um parque zoobotânico, exercendo importante papel de estudo e lazer.
Sua nova infraestrutura, agora mais adequada, atende um maior número de turistas e oferece um espaço de reflexão, boa convivência, pesquisa e sustentabilidade.

O local também conta com o Centro de Zoologia que tem condições de fazer procedimentos cirúrgicos e hospitalares, já que a Polícia Florestal faz apreensões de animais silvestres em toda a Mata Atlântica e os encaminham para o Orquidário, aonde esses animais podem ser tratados e reambientados.

A trilha das colmeias, o jardim sensorial, o playground e o canteiro com flores para atrair borboletas são os novos espaços do Orquidário, além do Setor de Educação Ambiental que também ganhou uma nova área para as suas atividades, agregando uma biblioteca infantil e um auditório para crianças e adultos.

O Orquidário permanece sendo um viveiro de orquídeas, com mais de três mil exemplares, dividas em 70 espécies, e somando 450 animais, entre os de cativeiro e aqueles que circulam ao ar livre.

Horário de funcionamento é de terça a domingo, das 9h às 18h e os ingresso custam R$ 5,00. Estudantes pagam meia entrada e crianças até 12 anos e pessoas com mais de 60 anos não pagam.

O endereço fica na Praça Washington, s/nº, José Menino e possue estacionamento no entorno, infleizmente com flanelinha.

fotos relacionadas