patrocinado por

CUSTOS E DICAS RÁPIDAS - SALTA/AR

Cidade: Salta/AR | Categoria: Infos Úteis
Postado em: 16/8/2012
Diário de Motocicleta

Custos em Salta/AR

• Chegada dia 11/09/2011 - 21h00
• Partida dia 14/09/2011 - 10h30

03 Diárias – R$ 196,72 – US$ 119,24 (cotação R$1,65)
04 Refeições– R$ 87,82
13,2 Lt Gasolina – R$ 31,46
Extras – R$ 129,53

TOTAL = R$ 445,53 – US$ 270,00 (cotação R$1,65)

Dicas Rápidas

• Quando for visitar Salta, reserve pelo menos dois dias inteiros para bater perna pela cidade. São várias igrejas e museus que valem a pena a visita. Mas fique atento aos horários, a cidade fecha para almoço e pasme, alguns restaurantes também... por volta das 15h tudo começa a abrir e as ruas lotam novamente indo até mais ou menos uma da manhã.

• Existem muitos hotéis, pousadas e hostels... nós ficamos e recomendamos o Hostel La Casa de la Linda fica na Calle Alvarado, 71 – tel.: (0387) 422-0204 – Salta – Argentina – e-mail: lacasadelalinda@hotmail.com. Nos foi cobrado $480,00 Pesos de estadia – cerca de R$177,00 (cotação do US$ - R$1,65) mais $45,00 Pesos de estacionamento (mais R$16,50).
O proprietário Daniel é extremamente atencioso e simpático, conhece os melhores pontos turísticos e bons restaurantes... vale a pena ficar de olho nas dicas dele. As acomodações são muito boas, o chuveiro é quente, servem café da manhã e tem wi-fi.

• Restaurantes bons na Argentina é quase um pleonasmo. Fomos em alguns muito bons como a Pizzaria Que Mamma há cerca de uns 300 m do Hostel. O ambiente é agradável e o atendimento muito gentil. A comida é saborosa e muito em conta. Pagamos em uma pizza grande, cerveja Stella Artois e uma jarra de suco cerca de R$ 27,00. A Pizzaria Que Mamma fica na Av. Virrey Toledo, 95.
Outro estabelecimento do mesmo Grupo Mamma é a Tratoria Mamma Mia, um restaurante mais fino, porém com preços muito bons em um ambiente mais reservado e por que não dizer até romântico. Pedimos um prato de Gnocchi a Bolonhesa e uma Lazanha de Carne ambos pra lá de saborosos. O atendimento é muito bom e a conta melhor ainda. Gastamos cerca de R$ 37,00. A Tratoria Mamma Mia fica cerca de uns 200 m de onde jantamos na noite anterior, seguindo pela Av. Virrey Toledo, na mesma calçada você chegará na Praça Zorrilla, 1.
Finalizando, a La Pizzada, uma pizzaria bem ao estilo Pizza Hut com massa fina e crocante.
Atendimento muito simpático, ambiente aconchegante e boa freguesia, a La Pizzada fica na Av. Virrey Toledo, 387, Salta. A conta saiu por R$ 24,00.

• Não deixe de visitar a Basílica de Salta, bem como a Igreja de San Francisco... são belíssimas e ficam bem próximas uma da outra... passeio a pé mesmo, deixe a moto no hostel.

• O Teleférico ( este não fecha para o almoço ) até o alto da colina (1.400 m de altitude) que oferece uma linda vista panorâmica da cidade. Além do visual, no topo existe um incrível parque de águas com cascatas que garantem lindas fotos, e um café que serve de pequenas refeições, sucos e a deliciosa Stella Artois...ah! Tem também uma feira de artesanato e uma Mostra de Prataria Crioula que na verdade é uma loja de artefatos de prata. O passeio custa 30 pesos por pessoa.

• Um ótimo passeio para se fazer em Salta é conhecer o Museu Histórico do Norte. As galerias do museu levam o visitante a se deparar com artefatos e cerâmicas dos Incas, em um acervo de tirar o chapéu. Há também uma área que conta a história de Salta, com imagens incríveis em fotografias do final do século 19, bem como documentos e adornos usados nas construções das casas na época. O Museu fica bem defronte a Catedral de Salta e funciona de manhã de terça a domingo das 9h30 às 13h30. A tarde de terça a sexta das 15h30 às 20h30. Sábado das 16h30 às 20h30. O ingresso custa $5,00 por pessoa.

• Outro passeio imperdível é visitar o Museu de Arqueologia de Alta Montanha na Praça 9 de Julho. Ele narra a descoberta de três crianças Incas, ofertadas aos deuses, e a fascinante cultura Inca. Não pensei que fosse ver tanta história Inca aqui na Argentina, mas Salta fez parte do Império Inca e apenas nesta região, mais de 8 crianças já foram encontradas.
Já comentei sobre a Juanita, outra menina Inca ofertada aos deuses no nosso passeio em Arequipa/Peru e a história encontrada neste museu complementa muita informação. A cada 6 meses a direção do Museu troca a criança em exposição. O funcionamento é de terça a domingo, das 11h às 13h e das 16h às 18h. Os ingressos custam 30 Pesos por pessoa (valor para estrangeiro). É proibido filmar e fotografar.