patrocinado por

RESPIRANDO JORGE AMADO

Dia: 25/5/2010 | Cidade: Ilhéus/BA | Categoria: Passeios
Diário de Motocicleta

Acordamos de manhã para uma série de passeios no Centro Histórico de Ilhéus, pois à tarde queríamos pegar a moto e rodar algumas praias, pois a partir de indicações e pesquisa, as melhores ficam a mais ou menos 20 – 30 km do Centro. 

Fomos para Catedral de São Sebastião que fica bem em frente ao hotel... sua construção monstruosa, com teto altíssimo, impressiona pelos vãos livres.
Diferentemente das igrejas de Salvador e Ouro Preto, não tem sua linha no barroco ou rococó... não tem ouro e nem entalhes de madeira... mas é muito linda e passarinhos voam pelo salão. 

Ao sair, à chuva já caia, e após um breve intervalo, corremos até a Casa de Cultura Jorge Amado...

Ilhéus respira Jorge Amado, pois foi aqui que ele cresceu e escreveu seu primeiro livro O País do Carnaval em 1930.

Este museu é na verdade a casa onde Jorge Amado morou.
A casa foi vendida pelos seus pais quando ele se mudou para Salvador e anos depois de abandono, o Governo comprou a casa e restaurou em meados da década de 90, contando com a presença do próprio Jorge Amado na reinauguração da casa. 

Desde então a casa serve de museu com peças pessoais do escritor, livros, além da própria casa restaurada. 

A entrada custa R$ 2,00 por pessoa e um guia acompanha contando várias histórias interessantes até um vídeo final. 

Vale a pena a visita. 

Depois fomos até a paróquia de São Jorge...
Simples, lá funcionava um museu de Arte Sacra, mas atualmente está fechado para restauração. 

Demos um pulinho até o Bataclan, cenário vivo da obra de Jorge Amado, onde antes funcionava um bordel, hoje é charutaria, restaurante, bar e loja de souvenires, mas a casa só funciona após as 17h então, cansados de chuva, fomos para o hotel arrumar as malas e partimos para Trancoso.

Em outra ocasião voltaremos para conhecer as praias de Ilhéus.

 

fotos relacionadas
Parceiros neste projeto