patrocinado por

CUSTOS E DICAS RÁPIDAS - POTOSÍ/BO

Cidade: Potosí/BO | Categoria: Infos Úteis
Postado em: 27/11/2011
Diário de Motocicleta

• Chegada dia 16/08/2011 - 15h
• Partida dia 18/08/2011 - 10h
02 Diárias – Bs. 760,00 = R$ 183,91
03 Refeições – R$ 36,20
Extras – R$ 50,21

TOTAL = R$ 270,32 – US$ 162,84 (cotação R$1,66)

Dicas Rápidas

• A estrada de Sucre a Potosí é muito linda. Na altura de Millares há cobrança de pedágio de Bs.4,00 = R$0,96. Neste trecho existe uma antiga ponte que ligava Sucre a Potosí, vale a pena parar para fotografar. Ao longo da estrada são impressionantes as rochas que se levantam do solo, prova viva da força das placas tectônicas. Viaje com calma e aprecie a vista.

• A estadia no Hotel Santa Teresa é uma ótima opção em Potosí.
Os quartos possuem aquecedor que deve ser usado com moderação, uma vez que o clima é seco nos Andes.
Possui estacionamento coberto e fechado, Wi-Fi e um bom café da manhã. Aliás, no pátio interno do Hotel funciona o Restaurante Rosicler com ótima refeição que pode ser paga na hora ou debitada na conta do quarto. Aceita cartões Master Card e Visa, além de Dólar.
Calle Ayacucho, 43 – Centro – Tel.: 62-25270 – site www.hotelsantateresa.com.bo.

• Tanto a Igreja La Merced quanto a San Francisco possuem Miradores, são passarelas no telhado de onde se pode ver a cidade inteira. Passeio imperdível!
A La Meced cobra Bs.5,00 por pessoa (R$1,19) e fica na Calle Hoyos (continuação da rua do Hotel Santa Teresa – morro acima) com a Calle Millares.
A Igreja de San Francisco cobra Bs.15,00 por pessoa (R$3,60) mas inclui guia, passeio dentro da igreja, as catacumbas e convento. Fica na Calle Tarija, 47 – esquina com a Calle Nogales. É o melhor ponto para se fotografar o Cerro Rico.

• A Casa da Moeda é outro passeio imperdível. O Museu conta a história das artes em Potosí, a colonização espanhola, o processo de cunhagem de moedas, além de um acervo muito interessante de artefatos Incas e pré Incaico e minerais encontrados na Bolívia.
Os ingressos para estrangeiro custam Bs.40,00 por pessoa (R$9,67) mais Bs.20,00 (R$4,83) se você quiser fotografar.

• O ar rarefeito de Potosí pode causar náuseas, diarréia, dores de cabeça e falta de ar. Isso porque a cidade encontra-se a 4.060 metros de altitude. Caso sinta-se mal compre na farmácia um comprimido chamado “Mal de Puno” ou mal de altitude, é muito melhor que mascar folhas de coca.