patrocinado por

AS INCRÍVEIS CAVERNAS DO PETAR

Cidade: Iporanga/SP | Categoria: Passeios
Postado em: 30/12/2010
Diário de Motocicleta

Para percorrer as 20 cavernas abertas para visitação do Núcleo PETRA, é necessário contratar os serviços de uma agência especializada com guias treinados, e nós escolhemos a Ecocave do simpático casal Sergio e Milena. 

A Ecocave fica no Bairro da Serra, a cerca de uns 2 km do Núcleo PETAR e contratamos dois dias de passeios onde visitamos cinco cavernas. 

A contratação inclui capacete com lanterna, mas é preciso comprar as pilhas que vão durar o passeio completo, além do guia. 

É prudente levar repelente, lanche de trilha (trouxemos o nosso da Pousada Iporanga que prepara um lanche especial com sanduíche, barra de cereais, água e frutas) e usar roupas confortáveis e um tênis macio e de preferência velho – o meu nem voltou para casa, joguei fora lá mesmo. Não é aconselhável ir de shorts ou bermuda, uma vez que de uma caverna a outra, é necessário percorrer trilhas e dentro das cavernas, há momentos em que atravessamos espaços apertados e com as pernas de fora estamos sujeitos as escoriações. 

Visitamos as seguintes cavernas: 

Caverna Água Suja – ao contrário que o nome sugere, suas águas são cristalinas e frias e foi a primeira caverna que exploramos. Considerada uma caverna molhada, seguimos o curso do rio a dentro em cerca de 1.300m (ida e volta) onde no final dela existe um paredão por onde a água passa por debaixo. É preciso coragem para atravessar um corredor onde o teto da caverna e o nível do rio é de aproximadamente uns 20cm... mas superado esse desafio, o explorador ira se deparar com uma enorme cachoeira num salão de pouco mais que 20m2 onde o barulho da queda d´água chega a ser ensurdecedor. 

Caverna do Ouro Grosso – essa caverna possui cerca de 1.100m de extensão, mas é preciso fazer rapel nas suas cachoeiras que existem no interior. Nós apenas entramos e percorremos não mais que 100m entre muitas quedas d´água. A entrada é extremamente apertada com uma abertura de pouco mais de 60cm de altura, mas o interior vale muito a pena. A trilha até ela é incrível e passamos por dentro de uma figueira monstro. 

Caverna do Couto – essa caverna possui cerca de 470m de extensão e a sua entrada é bem pequena. O incrível é ver em seu interior as marcas das águas que esculpiram suas paredes e atravessar a montanha e sair do outro lado. Ao contrário da entrada apertada, a saída é gigantesca. No meio da caverna você verá uma pequena luz que se revelará uma grande boca. 

Caverna do Morro Preto – uma das maiores aberturas, com cerca de 25m de altura, essa caverna serviu de abrigo para civilizações primitivas onde hoje é possível ver seus sinais em pequenos fogareiros e restos de conchas usadas na alimentação – os chamados sambaquis – ao entrar na caverna, um grande salão é revelado e no fundo a visão da luz entrando na caverna é incrível. É possível entrar apenas uns 200m dentro da caverna, mas uma exploração que vale muito a pena. 

Caverna Santana – uma das mais incríveis formações, o passeio leva cerca de uma hora e meia em aproximadamente 800m. O seu interior é silêncioso com belíssimas esculturas. Nosso guia em certo momento pediu que sentássemos no chão e apagássemos as lanternas. É impressionante o breu e silêncio que só é quebrado pelo bater de asas dos morcegos que passam muito perto do rosto da gente. 

As formações no interior da Caverna Santana colocam ela na mais ornamentada do mundo.

Vale ressaltar que todas essas cavernas são muito mais extensas que os liberados para o público. A Caverna Santana por exemplo possui cerca de 5 km de extensão, mas suas formações são tão delicadas que não é permitida a entrada. 
Infelizmente é visível algumas rochas quebradas, graças a alguns animais humanos que gostam de levar pequenas lembranças das cavernas. A extração de material é crime. 

Não se esqueça de levar todo o seu lixo embora até encontrar uma lixiera. 

Ah! Se fizer tempo que você não pratica esportes, é aconselhável levar um Gelol e uma cartelinha de Dorflex, as pernas vão queimar a noite na cama. 

Para entrar em contato com a Ecocave, acesse o site www.ecocave.com.br ou ligue para (15) 3556-1574.