patrocinado por

MUSEU TIWANAKO – A PRÉVIA

Cidade: La Paz/BO | Categoria: Passeios
Revisado em: 01/11/2017
Diário de Motocicleta

Em 2011, quando visitamos La Paz pela primeira vez, corremos atrás do Museu de Nacional de Arqueologia, e ficamos frustrados por encontra-lo fechado para reformas.

Na época, moto turistas de primeira viagem, mal sabíamos a direção do sítio arqueológico de Tiwanako, na verdade, acho que nem sabíamos ao certo da sua existência.

Mas passado seis anos, muita coisa havia mudado, principalmente no nosso modo de fazer planejamento, e dos lugares no mundo que gostaríamos de visitar.
Agora, depois de guiar alguns grupos até este sítio, só não sabia aonde ir, como gostaria de mostrar para Elda aonde sempre levava meus grupos, e por que não, nos aprofundarmos em mais informações sobre essa incrível sociedade “perdida”.

Bem preto do nosso hotel no El Prado, o Museu de Tiwanako como também é conhecido, reserva em apenas um pavimento, mais de 2.000 anos de história escrita, ilustrada e centenas de peças de cerâmica encontradas ao longo de anos de escavações.

Margeando a civilização Tiwanako que estimas-se ter existido de 2.000 AC até 1.400 DC, outras culturas deixaram sua marca na história através de armas de caça feitas de pedra, bronze e esculturas de argila que por capricho dos tempos, sobreviveram até os dias de hoje.

O Museu apresenta uma clara cronologia do avanço tecnológico na criação de várias peças que vão do simples barro, a forja de metais e crânios alongados, numa clara intenção de se espelhar em seres que certamente não eram daqui – desculpem os amigos, mas sou crédulo a teoria dos Deuses Astronautas – e a evidência de crânios alongados, sem as fissuras craneanas dos seres humanos... apenas os céticos podem admitir que estamos sozinhos.

Este tour penso ser essencial para aqueles que pretendem visitar o sítio de Tiwanaco e Puma Punko, distantes 70 km de La Paz, uma vez que reúne inúmeras peças que foram escavadas do sítio arqueológico e que contam parte desta história.

O Museu Nacional de Arqueologia está na Calle Tiwanako, 93, esquina com a Calle Federico Suazo, e funciona de segunda a sexta das 9h às 12h30, e das 15h às 19h. Aos sábados das 9h ao meio dia.
O ingresso para estrangeiros custa US$ 2,00 por pessoa e vale muito a pena.

Infelizmente fotos e vídeos não são permitidos!

fotos relacionadas