patrocinado por

A CAMINHO DO UYUNI

12º dia de viagem
Cidade: Salar do Uyuni/BO | Categoria: Diário do Piloto
Revisado em: 28/10/2017
Diário de Motocicleta

Depois de dar as últimas voadinhas por Potosí e juntar uma galerinha de estudantes olhando pro céu, arrumamos as bagagens e partimos debaixo de Sol rumo ao Salar do Uyuni pela Ruta 5.

Em 2011 quando estivemos aqui pela primeira vez, seguimos direto para La Paz pela Ruta 1, então mais uma vez teríamos curvas novas para explorar... e põe curva nisso!

A ideia de descer para o Salar, partindo do pressuposto que estando a 4.060m e o Uyuni na casa dos 3.500m de altitude a temperatura iria subir caiu por terra logo nas primeiras curvas Cordilheira acima.

Subimos, subimos e subimos em meio a curvas deliciosas em uma pista lisinha e com pouquíssimo movimento, na verdade praticamente ninguém, a não ser um casal de canadenses, cada um na sua moto que acabamos cruzando.

Tivemos a oportunidade de conversar mais adiante, quando paramos para fazer fotos de uma manada de Lhamas que pastavam ao lado da estrada.

A Isabelle em uma GS 800 era a mais comunicativa e nos contou que estavam completando seis meses de viagem, e que ainda restavam um ano para bater no Ushuaia e voltar para casa.

Não consegui entender o nome do marido dela, também de GS, mas ele nos disse que ficaram dois meses no Equador, mais um mês no Peru e que ficariam um mês na Bolívia.

Tranquilos, me fizeram lembrar dos meus queridos amigos Rafael e Silvana com quem tive a honra de motocar algumas vezes, e que assim como o casal canadense, cada um viaja em sua própria moto.

Nos despedimos e nos cruzamos algumas vezes durante uns 20 km, quando parávamos para fotos, éramos ultrapassados e ultrapassávamos, coisa nada difícil, já que ambos viajavam a meros 50 km/h... sem pressa nenhuma, curtindo a paisagem fantástica de boa.

Confesso que entrei no clima e, apesar de ser irresponsável e, em alguns trechos impossível entortar o cabo, me vi motocando abaixo dos 100 km/h por muitas vezes.

A vida já passa tão rápido que faz um bem danado desacelerar um pouco.

A paisagem foi alternando entre altas montanhas, cânions e planícies... umas retas chatas pouco antes de chegar ao Uyuni, e a emoção de ver aquele mar de sal do alto da Cordilheira.

Meus olhos se encheram de água.
Cruzamos a cidade de Uyuni e seguimos para Colchani, onde nos hospedamos em um hotel de sal, o mais top que já ficamos em 10 anos de estrada... depois posto detalhes dele.

Agora é rodar a região e juntar mais imagens e informações para os amigos.

fotos relacionadas
Consulte Também...