patrocinado por

PRIMEIRO DIA DE VIAGEM É TUDO IGUAL...

1º dia de viagem
Cidade: Três Lagoas/MS | Categoria: Diário do Piloto
Postado em: 07/10/2017
Diário de Motocicleta

Só que não, a ansiedade por mais que seja uma velha conhecida, costuma bater de formas diferentes, e sempre te pegam de surpresa.

Os últimos dias demorei para dormir todas as noites e por vezes acordei ainda de madrugada, achando que estava atrasado para nossa partida, e hoje, inexplicavelmente consegui dormir tranquilo, apesar do vento forte soprando na janela e o som dos carros passando na avenida molhada.

Putz! Como é chato sair debaixo de chuva. Não tenho problemas com mal tempo, se cai o molho no meio da estrada, eu sou do tipo otimista que olha para o horizonte e acredita, mesmo encharcado que o tempo vai melhorar... mas abrir a garagem e dar de cara com um temporal... é um daqueles momentos que a vida separa os homens das crianças.

Sem pensar duas vezes, e incrivelmente pontual (8h30 da manhã) colocamos a motoca pra molhar e seguimos para estrada.

Meu otimismo ultrapassou a Serra do Mar com fé que no planalto o Sol estaria brilhando, mas não estava.
O horizonte era cinza e por vezes sumia em uma nuvem de spray de água, enquanto eu tentava lembrar da meteorologia que avisava sobre uma grande massa de chuvas que subia o Sudeste do Brasil.

Que baita massa!
Subiu a Serra, passou por São Paulo e foi entrando Estado a dentro, despejando água por mais de 400 km... ora pingos grossos, ora tola garoa. Mas quem se importa?

O caminho, um velho conhecido começou com a Rod. Dos Imigrantes, depois a Castelo Branco e por fim a Marechal Rondon com seus 4.658 pedágios, uma média de uma praça a cada 30 km – um absurdo, não pelo valor cobrado, mas pela chateação de parar e caçar moedas e notas com as luvas encharcadas.

Ao todo foram 11 pedágios que nos sacaram R$ 28,35 (US$ 8,60).
Tanto a Rondon, como as demais pistas estão em perfeito estado de conservação e uso, com boa oferta de combustível.

Chegamos em Três Lagoas/MS às 18h, horário de Brasília, em Mato Grosso do Sul uma hora a menos no relógio, uma hora a mais de sono!

Amanhã vamos rasgar mais um estado e colar na fronteira com a Bolívia... faça chuva ou faça Sol.

fotos relacionadas