TANQUE RESERVA PARA LONGAS VIAGENS DE MOTOCICLETA

Postado em: 18/7/2012 | Categoria: Fica a Dica
Diário de Motocicleta

Por Otavio Araujo – Gugu

Muito se fala sobre levar ou não um tanque de reserva de gasolina nas longas viagens de motocicleta. No Brasil não acho necessário. Quanto a levar um tanque de reserva, penso o seguinte: levar 2 ou 3 litros não refresca nada... Um galãozinho vagabundo desses de 5 litros de posto de gasolina/supermercado vasa, escorre, é melhor nem levar, eles servem para outros produtos, para gasolina tem que ser próprio ou assemelhado, senão no meio da viagem a sua reserva começar a feder e vazar... é encrenca na certa.

A Argentina sempre tem e teve problema de gasolina por causa dos caminhões que a transportam, não por falta do produto.

Tá certo que eu acelero muito, mas na última viagem do Ushuaia, de Honda Varadero fiquei 4 vezes sem gasolina... acelero, aumenta o consumo, eu sou fominha não gosto de ficar parando..., conclusão acaba os 25 litros do tanque. Gosto de parar depois de 300/350 km. Algumas vezes em que viajei com outras motos de tanque pequeno, tipo custom, XT, Hornet, HDs é aborrecimento na certa, por isso não viajo mais, os caras não rodam 200 km e já querem parar.

Quem viaja de V-Strom, Varadero ou similar e não “toca” muito também fica sem gasolina – na Patagônia é difícil quem não fique. Nada mais frustrante do que ficar sem gasolina numa tarde de sol, tendo uma Ruta maravilhosa a sua frente e o GPS indicar: próxima Estacion de Servicio a 85 km dali...

Uma boa dica

Os motores de popa e os jetskis que são 2T tem um tanque de óleo separado e normalmente depois de um tempo a bomba que mistura gasolina com esse óleo estraga e a maioria dos proprietários em pouco tempo eliminam esses tanques, como foi o meu caso. Nas marinas e oficinas de motores de popa e jetski tem sempre alguns tanquinhos desses largados num canto, é só lavar bem e usar. O meu motor de popa é um V6 de 175 HP então o tanque é de 10 litros, um tanque da Mercury, reforçado, com respiro, etc.

Os policiais rodoviários no cone sul, Peru, Bolívia etc. não implicam com gasolina reserva, no Brasil é proibido por lei, salvo tanques específicos como esse abaixo.

Abaixo algumas fotos ilustrativas:


Tanque do Mercury V6 175 HP
Tanque do Mercury V6 175 HP

O tanque exposto na moto chama muita atenção.


Sugiro uma bolsa para transporte – qualquer uma serve.
Nesta bolsa pode ser levado o material de lubrificar corrente, panos, etc.

Detalhe do respiro.


Detalhe da torneira – torneira de gás – não vaza.


Ocupa pouco espaço e se pode colocar outra mochila por cima... O tanque segue bem preso.


Abastecendo no meio da Patagônia – Ruta3

 

Otavio Araujo – Gugu
69 anos, motociclista a mais de 50, administrador, empresário em Taubaté/SP, roda de Honda Varadero XLV 1.000cc – e-mail: otavio@globalplayer.com.br

veja também

Oferecimento
GIVI do BRASIL

Publicidade
Viagem na Foto

Motoque-se
Dobradinha Atacama com Santiago

Baixe Grátis
Taqueopariu - O outro lado das viagens de moto