patrocinado por

VOCÊ TEM TUDO NECESSÁRIO PARA ESTAR TRANQÜILO?

Postado em: 2/9/2009 | Categoria: Dicas de Viagem
Diário de Motocicleta

Segue aqui, mais umas dicas que eu acho fundamentais, mais que muitos se esquecem ou nem se preocupam quando vão fazer uma viagem, por menor que ela seja.

É comum encontrarmos pelas estradas, viajantes solitários ou mesmo grupos de motociclistas (membros de algum moto clube ou não) em passeios ou em viagens longas e todos, sempre (tenho reparado, agora que minha vida se resume a este imenso tapete negro) equipadíssimos com coletes de couro, calças, jaquetas (pode estar um calor infernal, que eles estarão vestidos e paramentados, sempre e com a desculpa de ‘proteção’), luvas etc, mas se paramos para uma conversa mais longa, se torna claro que todos, se não a ‘enorme maioria’, pouco liga ou atenta para o detalhe principal que é o fato de ter ‘sempre’ em sua bagagem, ferramental adequado e algumas peças básicas e fundamentais de reposição.

Normalmente há apenas o ‘kit básico’ original da motocicleta e umas poucas coisas como, reparador instantâneo de pneus, que pouco ou nada resolve quando necessário, uma vela nova e só.

Vou aqui relacionar peças que não custam caro, mas que numa emergência será de grande valia a todo e qualquer motociclista, viajante ou não, na hora de uma ‘pane’ ou de um problema qualquer.

- Kit de ferramentas básico da motocicleta – original, que vem de fabrica, normalmente encontra-se no compartimento da bateria, logo abaixo desta;
- Kit de chaves de bocal – um desses, compacto, com 15 / 20 pcs, custa em torno de R$ 20,00 nas Lojas Americanas;
- Vela sobressalente.e cachimbo;
- Dois elos ou mais de corrente com presilhas;
- Bobina - não parece, mas é um item que mais dá problema em viagens longas;
- Cabos de Embreagem e Acelerador;
- CDI;
- Relé de Partida e comandos;
- Câmara de ar – economia ‘porca’ fazer remendos em câmaras de ar;
- Kit de reparo do carburador – FUNDAMENTAL;
- Corrente, Coroa e Pinhão - relação;
- Corda longa - 12 à 15 mts, no mínimo, de nylon para reboque;

Esse Kit de Emergência, não acrescenta volume nem peso extra na moto, seu custo não ultrapassa R$ 200,00 e pode salvá-lo de inúmeras situações ao longo da estrada.

Dizer por exemplo, que é bobagem ter isso por que não sabe nada de mecânica e não é capaz de fazer qualquer reparo de emergência na moto então é melhor vendê-la, pois um ‘motociclista’ que não sabe arrumar sua moto, definitivamente não pode ter uma, já que a máquina é uma extensão do próprio corpo.

Espero ter contribuído mais uma vez para que não haja surpresas desagradáveis nos trajetos e percursos da ‘galera’ sejam Rider’s, Viajantes de finais de semana, Trilheiros ou condutores do dia-a-dia.
Estas dicas valem para todos!

Roda pra Frente!



Por : Andressa Gasparelli 
http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=40853509&tid=5375262969771979213


Oferecimento
GIVI do BRASIL

Publicidade
Viagem na Foto

Motoque-se
Descubra Machu Picchu em 2018

Baixe Grátis
Taqueopariu - O outro lado das viagens de moto