patrocinado por

THEATRO DA PAZ

Cidade: Belém/PA | Categoria: Passeios
Postado em: 3/12/2014
Diário de Motocicleta

Durante o período áureo do Ciclo da Borracha, com o grande crescimento econômico da região amazônica, a cidade de Belém no Pará foi considerada “A Capital da Borracha”, e tal importância contribuiu para construção e inauguração do Theatro da Paz, fundado em 15 de fevereiro de 1878 e inspirado no Teatro Scalla de Milão (Itália), com supervisão do engenheiro militar José Tiburcio de Magalhães.
Foi a primeira casa de espetáculos construída na Região Amazônica e encantava a todos com seus lustres de cristal, piso em mosaico de madeiras nobres, afrescos nas paredes e tetos, dezenas de obras de arte e vários elementos decorativos revestidos com folhas de ouro.

A capacidade também impressionava muito, já que oferecia cerca de 1.100 lugares e uma acústica perfeita.

Considerado um dos Teatros-Monumentos do País, ainda nos dias de hoje, com cerca de 130 anos de história, é o maior Teatro da Região Norte e um dos mais luxuosos do Brasil.

O hall de entrada composto por materiais decorativos importados da Europa, como a escadaria em mármore italiano e lustres franceses, servem de adorno para os bustos em mármore de carrara dos escritores brasileiros José de Alencar e Gonçalves Dias, além de estátuas em bronze francês, piso com pedras portuguesas formando mosaico, além de paredes e teto pintados com temas gregos.

Ao longo dos anos passou por algumas reformas como o fechamento da porta principal ao salão de espetáculos, já que esta prejudicava a acústica da sala.
Além disso, o número de lugares foi reduzido para 900 acentos.

Funciona de terça a sexta das 9h às 17h – fechado para almoço das 13h às 14h. Sábados das 9h ao meio dia e domingos das 9h às 11h. Segunda-feira não abre.
Os ingressos custam R$4,00 (US$1,60) e o teatro localiza-se na Praça da Paz, s/n – centro – Belém/PA.

Vale muito a pena a visitação.

fotos relacionadas

Oferecimento
GIVI do BRASIL

Publicidade
Viagem na Foto

Motoque-se
Descubra Machu Picchu em 2018

Baixe Grátis
Taqueopariu - O outro lado das viagens de moto